• Natura Sou: menos geração de lixo

    Na semana passada, publiquei uma matéria que abordava a busca das empresas por produtos que reduzem a geração de lixo, preocupação que vem crescendo entre ambientalistas mais do que a reciclagem, já que o mundo não comporta mais aterros. Entrevistei para a matéria o gerente de sustentabilidade da gigante brasileira Natura, Keyvan Macedo, e vou mostrar aqui um trecho que conta um pouco sobre a linha Sou. Vale conferir!

    sou hidratante sem fragrancia_personagem 1_abr15

    Divulgação/Natura

    Em um mercado cuja “aparência” é muito relevante, a gigante Natura tenta emplacar uma linha de beleza com apelo sustentável. A Sou utiliza 70% menos plástico na embalagem e 20% menos ingredientes na fórmula. Mas a empresa garante que a eficiência é a mesma de outras linhas da marca. “O consumo consciente é uma barreira a ser vencida”, afirma o gerente de sustentabilidade, marcas e produtos da Natura, Keyvan Macedo.

    Divulgação/Natura

    Os produtos da linha como hidratantes, xampus e condicionadores têm posicionamento de preço mais baixo justamente por serem mais enxutos. “Uma vez descartada, a embalagem ocupa menos espaço no lixo. Além disso, o consumidor consegue usar até a última gota”, ressalta. A Sou foi a linha escolhida para a estreia da Natura nas redes de farmácia. “Dado o tamanho do desafio, a aceitação tem sido dentro do esperado”, pontua.

    SOU_Gôndola_Raia Drogasil_10.03.2016

    Divulgação/Natura

    Macedo afirma ainda que a Natura busca outras alternativas para as embalagens da linha. “Hoje, dificilmente esse tipo de plástico é reciclado. Seria a próxima evolução do produto.”

    Divulgação/Natura

    Divulgação/Natura

    Macedo contou outras curiosidades sobre a linha de produção, como o processo de mistura a frio, que não demanda energia. Além disso, as caixas utilizadas para transportar os produtos da SOU são reaproveitadas nos centros de distribuição para enviar os pedidos às consultoras.

    Divulgação/Natura

    Divulgação/Natura

    Sobre aumentar o portfólio – a pergunta que todas nós queremos fazer – Macedo ponderou: “A estratégia para o futuro leva em consideração a base da linha SOU: será que preciso de mais? Vamos avaliar essa máxima”, disse ele.

    Divulgação/Natura

    Divulgação/Natura

    Estou pra testar um hidratante sem fragrância que veio na minha Glambox (que postei recentemente aqui). Macedo me disse que o produto, hipoalergênico – que é menos propenso a causar alergias – era algo que não estava no projeto inicial. “Durante as pesquisas de mercado, detectamos essa oportunidade”, observa ele. Ponto pra nós, porque sendo da linha SOU, é mais barato que os concorrentes (sei bem disso!).

    Divulgação/Natura

    Divulgação/Natura

    Eu adorei saber mais sobre esse universo porque a questão da real sustentabilidade muito me interessa. Alguém já usou produtos da linha SOU?

    Leia também

Desenvolvido por Finalité Marketing

Back to Top