• O Boticário: Manteiga hidratante Nativa Spa

    Para as mocinhas que procuram louca e incessantemente por novidades do mundo dos hidratantes (oi!), a Manteiga Hidratante Exótica de ameixa da linha Nativa Spa, do Boticário, é uma boa opção. O produto promete hidratação e “perfume”, principalmente em áreas que precisam de mais atenção, como os cotovelos.

    Manteiga hidratante nativa spa boticário

    O produto realmente cumpre a promessa de deixar um cheirinho incrível na pele! Você passa e o aroma mega agradável fica no corpo por um tempão. Na minha avaliação, talvez seja um dos aromas mais gostosos de todos os hidratantes que já testei na vida. A quantidade também parece ser suficiente para um bom tempo de uso diário.

    Manteiga hidratante nativa spa boticário textura

    A hidratação da manteiga (que tem mais aspecto de mousse de morango! hehe) é boa, mas a absorção é mais lenta que outros tipos de hidratantes. Ou seja, quando você passa, precisa esperar mais do que gostaria para a pele absorver.

    Manteiga hidratante nativa spa boticário textura 2

    Esta manteiga da linha Nativa Spa é vendida nas lojas físicas do Boticário por R$ 39,99 (clique aqui para ver o site). Mas na loja online o produto está indisponível no momento.

    Alguém já provou esse hidratante?

    Leia também

  • Protetor labial: opções no mercado

    A ideia deste post é falar um pouco sobre as opções disponíveis no mercado para hidratação labial. Sofro muito com o problema o ano todo e o quadro piora agora que o tempo fica mais frio e seco. Além de arder, o aspecto de lábio “rachado” é simplesmente PAVOROSO. E, parando pra pensar, esse é um dos itens de beleza que NUNCA sai da minha necessaire e do meu criadinho ao lado da cama. Historinha engraçada: a nossa amiga Déia H. tem o mesmo hábito que eu! “Áh, Déia H., eu deixo um protetor na minha bolsa e outro ao lado da cama, porque sempre que vou dormir, esqueço de passar e fico com preguiça de levantar. Por isso, sempre que compro um, já levo outro pra cabeceira da cama!”. “Eu também, Ju E.!!!”  Para vocês verem que loucura, às vezes, não é só da gente, hein? haha Então vamos às opções:

    1 – Protetor labial Nivea, o campeão de vendas

    Protetor labial nivea

    O hidratante labial da Nivea é, sem dúvida, o campeão de vendas. Vejo todo mundo usando e, nas farmácias, há sempre todas as opções do produto (eu costumo comprar o azul escuro, como da foto). Aliás, acabei de comprar um neste final de semana porque não achei o que eu queria. Como uma pessoa que já testou váriassss marcas e tem um problema crônico, posso avaliar que é uma opção digna, mas com um preço salgadinho: em torno de R$ 9 (falando de preço competitivo; em perfumarias mais de bairro, o preço pode chegar a R$ 11!).

    2 – Manteiga de karité L’occitane

    manteiga de karité loccitane

    Tinha ouvido falar mundos e fundos sobre a manteiga de karité da francesa L’Occitane. A aparência de hidratante num potinho me hipnotizou e pensei: “Esse aí vai resolver meu problema!”. Encomendei com uma amiga que ia para a França (à época que as lojas da L’occitane eram escassas em São Paulo e não como agora que tem em todos os shoppings da vida). O fato de ter que passar com os dedos é um super ponto negativo e, mais que isso, resolve tanto quanto o nacionalizado Nivea. Ou seja, nem vale o investimento.

    3 – Laby lip care – o 100% brasileiro

    Laby lip care

    Não costumo ser nacionalista ao extremo, tipo governo Vargas. Mas não posso deixar de destacar que o Laby lip care é de uma empresa 100% brasileira, a mineira Bravir (falo isso porque não são muitas as marcas brasileiras de cosméticos que conseguem superar as estrangeiras em qualidade e PREÇO, principalmente, porque sempre acabam perdendo em um dos dois quesitos). O preço da Laby é super justo (cerca de R$ 4,50 para proteção FPS 15) e a durabilidade é bem boa. Mas o ponto negativo é que você não encontra o produto facilmente. Eu comprei os meus na Onofre delivery e, agora que o último está perto de acabar, não consigo achar!

    Veredicto

    Tanto o importado da L’Occitane quanto o nacionalizado Nivea são opções ok, mas deixam a desejar em preço e durabilidade. O Laby, na minha experiência, é o que entrega melhor custo-benefício, pois tem qualidade, preço e durabilidade. Áh, também oferece FPS 15 no mínimo (realmente é protetor e não só hidratante), diferentemente das opções “estrangeiras” (olha o nacionalismo do Vargas aparecendo de novo! hehe), que nem um grauzinho de proteção oferecem. Mas para quem quer testá-los assim mesmo, abaixo seguem os links para compra online dos produtos citados no post, exceto o Laby que, quem encontrar, por favor, me avise!

    - Hidratante labial Nivea (clique aqui para ver)

    - Hidratante labial L’Occitane (clique aqui para ver)

    Vocês têm alguma sugestão para minimizar o sofrimento aqui da amiga?

    Leia também

  • Hidratação do rosto: dupla dinâmica

    A hidratação facial é um cuidado diário básico que toda mulher deve ter. Isso porque evita ressecamento e reduz o aparecimento de linhas de expressão. Mas antes de passar o hidratante, você precisa primeiramente lavar o rosto com um sabonete líquido facial e, de preferência, específico para o seu tipo de pele. Essa dupla dinâmica não pode faltar na sua rotina!

    Mantecorp

    Estudos apontam que o sabonete líquido é mais indicado que aqueles em barra porque não contêm uma pequena parte de soda cáustica, ingrediente responsável por manter o produto “inteiro” por mais tempo (ninguém quer um sabonete todo derretido na pia, não é??). Pois imaginem o que essa substância pode fazer à sua pele?? Enfim, pelo sim, pelo não, podem apostar que o líquido deixa a pele menos ressecada e sem aquele aspecto “repuxado”! E se tiver a pele mais oleosa do que normal a seca, procure usar um sabonete líquido específico, porque controla a oleosidade sem ressecar! Eu particularmente opto por dermocosméticos, que são testados e indicados por dermatologistas.

    Eu já usei o Hidrafil, da Stiefel, que é muito bom! Limpa, retira toda a oleosidade e não deixa ressecado! Mas atualmente estou usando o Epidac, da Mantecorp, que segue a mesma linha de ajudar a combater a acne.

    Epidac Mantecorp

    Outro aliado de uma pele bonita é o hidratante facial. Como tenho pele oleosa, preciso de um que seja oilfree. Conter fator de proteção é melhor ainda, já que elimina uma fase imprescindível da rotina de beleza, porque com o câncer de pele não se brinca! Costumo usar o que chamo de “dupla dinâmica” e a última foi o sabonete líquido Hidrafil + o hidratante Hidrafil Anti-Aging, que melhora a elasticidade da pele e reduz linhas. Porém, como os dois produtos já acabaram, agora estou na dupla Epidac + Epidrat, que também são da Mantecorp. Estou gostando muito da hidratação, evita mesmo aquele aspecto horrível de pele descamando! Fora que o fator de proteção é alto (30). Mas é claro que os dois produtos não precisam necessariamente ser da mesma marca, basta que ambos te agradem e surtam efeito!

    Epidrat Mantecorp

    Lembrem-se, meninas, manter o rosto limpo, hidratado e protegido é essencial para prevenir o envelhecimento. Além disso, a maquiagem ficará muito mais bonita! Aqui segue uma sugestão de onde encontrar estes produtos com preços competitivos (acreditem, eu  pesquiso!). Tem o Epidac e o Epidrat. O preço do hidratante é um tanto salgado, mas como é dermocosmético e dura bastante (no mínimo seis meses usando todos os dias), acho um ótimo investimento. Vale a pena. A linha Hidrafil também é uma ótima opção (aqui tem o sabonete líquido).

    Vocês têm alguma sugestão de dupla dinâmica?

    Leia também

  • BB Cream: a nova febre no mundo da maquiagem!

    bb cream lorealGrande parte das mocinhas mais fanáticas por maquiagem está querendo saber mais sobre os chamados BB Creams (termo que significa algo como “bálsamo da beleza”), que reúnem em um só produto hidratação, fator de proteção solar, redução dos poros e das linhas de expressão, além de funcionar como base, pois geralmente têm cor. As pioneiras nesse “milagre” num potinho foram as coreanas, que disseminaram pelo mundo esse tipo de produto. Atualmente, todas as grandes marcas globais de expressão na maquiagem como MAC, Dior, Lâncome, entre muitas outras, já lançaram seus equivalentes.

    No Brasil, para aquelas que querem testar o produto sem ter que desembolsar uma pequena fortuna (sim, os BB Creams são bem caros!), duas marcas famosas lançaram versões com preços bastante acessíveis. São elas a L’oréal e a Maybelline, queridinhas das viciadas em maquiagem pelo ótimo custo x benefício que sempre entregam às suas consumidoras. A Déia H. fez a resenha da Maybelline e eu fiz a da L’Oréal. Espero que se animem!

    L’Oréal

    A embalagem vem com 30ml, volume que praticamente todas as bases e BB Creams apresentam. A textura é quase líquida, como da base MAC Face and Body. Como eu tenho a pele do rosto oleosa, procuro usar bases que segurem a oleosidade ao longo do dia e essa é basicamente a principal preocupação que tenho quando compro uma base.

    bb cream loreal textura

    Comprei o BB Cream da L’Oréal porque já tinha visto resenhas positivas sobre ela, então apostei minhas fichinhas. No Brasil, a marca coloca à disposição apenas dois tons do produto (claro e médio) e o meu é o médio. Percebi que o tom fica um pouquinho acima do meu, mas nada constrangedor.

    Vamos agora ao meu passo-a-passo para a melhor utilização possível: costumo passar duas camadas, normalmente, sem exagero, para cobrir um pouco das manchinhas e das pequenas cicatrizes que tenho no rosto. O resultado fica bem uniforme e passo por cima os dois corretivos que uso diariamente (o Pro Longwear da MAC na cor NW25 nas manchinhas e o Eudora Glam Lights - iluminador – na cor light beige nas olheiras). Depois, passo pouquíssimo pó (uso o MAC Mineralize Skinfinish Natural cor medium) em pontos estratégicos do rosto, para “assentar” o BB Cream e pronto! As fases do creme hidratante + protetor solar + primer são eliminadas, o que diminui de forma significativa a “correria” do dia a dia.

    Considerando que faço o ritual de make geralmente por volta das 11 da manhã, lá pelas 18 horas uma certa oleosidade vem a aparecer, mas nada que um pózinho não resolva! Indico o Mineral Veil da Bare Minerals, que é um santo remédio, super recomendo!

    Bem, as minhas principais impressões são a de que o produto transfere pouco (nada de atender o celular e ficar aquela mancha MEDONHA na tela), segura a oleosidade em peles como a minha por um tempo considerável e faz o trabalho de base direitinho. Resumo: um bom custo x benefício para quem quer o seu BB Cream sem deixar o salário na loja! O preço médio do BB Cream da L’Oréal é R$ 29,90.

    Maybelline Dream Fresh BB Cream

    Maybelline

    O produtinho da famosa marca norte-americana chama-se Dream Fresh BB e promete ser 8 em 1: hidrata, ilumina, é oil free e FPS 30, disfarça imperfeições, melhora a aparência da pele e se ajusta ao tom dela e suaviza (na embalagem eles não falam o que, seriam as linhas de expressão??). É lógico que não é esse milagre todo, mas tem uma boa serventia.

    Comprei o meu na farmácia mesmo, por R$ 29,90. São três cores no Brasil, clara, média e escura. Para as branquelas como eu, abrir a tampinha da cor clara (a minha) pode assustar: ela parece ser escura. Mas não desistam. No meu caso, o tom se mistura bem com a pele e não dá a impressão de estar em tom errado (mas não custa reclamar um pouquinho que a marca deveria trazer mais cores).

    Como prefiro uma cobertura mais leve e natural, o produto serve muito bem para o que preciso no dia a dia: uma pele bonita e radiante (sem aparência de reboco) e que ao mesmo tempo segure dignamente a oleosidade. Uma coisa natural, mas tendendo um pouquinho para o mate.

    Com uma camada só, que espalho com a mão mesmo, já sinto a pele mais uniforme, com olheiras já parcialmente cobertas. Aí vai de cada uma: quanto mais camadas vocês forem construindo, maior a cobertura.

    Uma coisa pode parecer estranha: mesmo prometendo ser oil free, o BB Cream da Maybelline deixa a pela um pouco brilhosa na hora da aplicação. Dá um certo desânimo, mas depois que seca essa impressão vai embora com a minha única camadinha. Por cima dele coloco o corretivo nas olheiras e no cantinho do nariz, que é avermelhado, além de uma ou outra manchinha, espinha ou resquícios dessas pragas. Uso o Studio Finish da MAC (cor NC 15).

    E pra deixar o acabamento um pouco mais opaco, uso o inseparável Blot Powder da MAC (cor medium). Mas o Mineral Veil que a Ju E. sugeriu aí em cima é milagroso também, amo de paixão.

    Faço minha maquiagem por volta das 7h30, então depois do almoço a pele já está brilhando. Mas gente, eu considero isso super normal, né? Não dá pra passar o dia inteiro com a pele intacta, nem produtos carésimos conseguem fazer isso. Nada que um pit stop para retocar o pó (e o batom) não resolva.

    Enfim, meu veredicto sobre o produto: a pele fica sim oleosa ao longo do dia e se você procura muita cobertura, não vai encontrar  - ou vai gastar todo o tubinho, que é pequeno e voa rápido. Mas é uma mão na roda para os dias de pressa/preguiça, além de funcionar muito bem como uma base levinha, meu tipo favorito. Ah, vale só destacar que o cheiro dele não é dos melhores, mas quem me conhece sabe que eu não sou a melhor referência, pois sou super chata para isso.

    E vocês, já testaram algum outro BB Cream? Indicariam alguma marca?

    Leia também

Desenvolvido por Finalité Marketing

Back to Top