• Beleza põe mesa

    Logo4

    Ano vai, ano vem, então é Natal e o que você fez? Aposto que, ao menos uma vez na vida, você apelou para o truque do presente de beleza. É um ótimo coringa, você entra na loja, cheira um creme aqui, prova um batom ali, garante que tem selo de troca e sai feliz da vida por resolver mais alguns presentes da sua lista.

    Eu já fiz isso inúmeras vezes, até hoje continuo fazendo. Só que agora está um pouco mais complicado. Primeiro porque há uma infinidade de marcas, e em cada loja uma infinidade de produtos, cores e cheiros. Se por um lado é uma delícia passear por tantas opções, por outro você vai se ver em meio a dilemas cromáticos jamais imaginados (“dei um vermelho-coral ou um vermelho-alaranjado ano passado?”).

    O segundo problema tem a ver com essa era da pós-verdade (ou hiper-verdade?) da indústria da beleza. Antes de sair às compras é mister saber não só as preferências do destinatário do presente como também toda a sua filosofia de beleza: faz low-poo? No-poo? Usa produtos testados em animais? Só usa marcas importadas? Prefere ingredientes naturais?

    E a última questão, não menos importante e também inerente a todos os presentes, é o custo-benefício. Um batom, um lápis, um perfume de bolsa, alguns sabonetes, são os exemplos clássicos de ‘lembrancinhas’ de lojas de produtos de beleza. Não vai ter aqueeela presença, mas marca a ocasião, resolve o assunto, e a amizade sempre continua.

    Se você entrou em uma dessas lojas nos últimos meses, vai ver que o que antes era uma lembrancinha hoje tem preço de presentão (e, infelizmente, a mesma presença de lembrancinha). O que antes era um presente atencioso, mas sem compromisso, hoje é uma declaração de amor.

    Tudo isso para dizer que eu fiz compras de belê esse fim de ano. Só que agora para quem eu gosto muito, conheço bem o gosto e a filosofia belezística, e que sei que é a cara daquele presente. Se por um lado perdemos em praticidade, hoje esses presentes são mais atenciosos, e refletem as boas conversas sobre beleza que tivemos ao longo do ano.

    *

    Vou descansar a minha beleza em janeiro e volto com mais histórias em fevereiro!

    Leia também

  • Superlotação

    Logo4

     

    Cuidar de uma casa não é fácil, mas isso já é clichê, todo mundo sabe. É um tal de planejar refeições, limpar o banheiro, varrer toda a hora a casa (como pega tanta poeira?) e deixar pra limpar aquela janela da sala sempre na outra semana. E mesmo se estiver tudo em dia, pode ter certeza que algo novo surgirá.

    Dessas coisas que surgem a cada minuto, a roupa suja é uma delas. Atividade hercúlea em tempos de verão, diga-se de passagem. Varal lotado num dia só pode significar que a pilha de roupa para passar também está crescendo em progressão geométrica.

    Você caça uma blusa que não precisa passar aqui, passa uma calça preferida ali, e vai levando. Ao menos, eu vou levando. O namorado constata à meia-noite do domingo, derrotado:

    — Não tenho uma camiseta no armário, tenho que passar roupa essa semana.

    — Nenhuma camiseta? Nenhuminha?, respondo eu, um pouco relutante.

    Abro a porta do lado dele do armário. Realmente, nenhuma camiseta. Abro a porta do meu lado. Tinha muita roupa. Muita mesmo. Eu poderia facilmente viver com a pilha de roupa para passar duplicando, triplicando. Lógico que não seriam minhas roupas preferidas, mas eu não andaria pelada.

    Sempre tendo a achar que o namorado tem roupa de menos. Mas aí eu percebi que eu tinha demais. Não compro tanta roupa assim, mas somos em três irmãs, além da minha mãe, então o escambo familiar é grande. O apego, maior ainda. Tem blusa nova guardadinha e blusa velha que mal para no cabide.

    Por isso que toda vez que vou a uma loja de roupa e me encanto por algo, fico pensando: preciso de mais roupa? Mas quando abro meu armário antes de sair: eu não tenho roupa! Claro que vivemos num mundo consumo-capitalista que vai sempre te convencer de que o que você tem é lixo e você precisa sempre de coisas novas. E coisa nova é uma delícia mesmo, então se privar de uma camisetinha de R$19,90 também não é lá muito saudável.

    Onde fica então o equilíbrio? Se eu soubesse, não estaria aqui escrevendo esse texto. Cada um deve tentar encontrar o seu. Tento resistir à tentação das compras apelando para a razão — o que geralmente é um pé no saco, mas ao menos ajuda  a economizar um dinheirinho. E o armário pequeno também agradece.

    Leia também

  • Ivete Sangalo: no Superbonita

    Adoro o programa Superbonita, do canal pago GNT, pois sempre mostra mulheres – celebridades ou não – com suas dicas pessoais de beleza. Nesta temporada, a exuberante Ivete Sangalo estreia como apresentadora.

    iveteExuberante foi o tema do programa desta semana: a cantora falou sobre como as mulheres conseguem chamar a atenção independentemente da sua aparência física! É preciso atitude, é claro, o que nós do Belezices chamamos de transbordar confiança.

    ivete vevetaA cantora também contou que, como a maioria das mulheres, luta para manter a forma. Ela comentou: “Eu falo para o meu marido que estou malhando tanto e meu culote está tão grande… e ele responde: meu amor, você é muito grande, até que o cérebro entenda que tem que endurecer aí também dá muito trabalho”. Fofo, né? rs

    ivete veveta superbonita

    Independentemente de gostar ou não do estilo musical da Ivete, temos que concordar que ela irradia beleza por onde passa: tem um altíssimo astral, esbanja confiança e é BEM-HUMORADA. Não tem quem resista, né não?

    Ponto para o GNT, que fez uma bela escolha para o Superbonita! A Veveta inspira muitas mulheres!

    Leia também

  • Para transbordar confiança: alimentação no fim de ano

    A maioria de vocês deve estar cansado do bombardeio de dicas sobre alimentação para o final do ano. Porém, resolvi elencar aqui as minhas dicas pessoais de produtos que são fáceis de preparar ou prontos para consumo, que ajudam a ficarmos com menos peso na consciência e transbordar confiança na tão sonhada roupa do Reveillon. Estes produtinhos são realmente saudáveis (e não apenas “light”) e SUPER gostosos. Bora conferir?

    Mistura para Brownie, Supra Soy 

    Brownie sura soy

    Esta mistura alia a soja (proteína) e a farinha de arroz (sem glúten, o que contribui para evitar o inchaço). Dois ovos e meia xícara de óleo e voilà: em 15 minutos você tem um brownie DE-LI-CI-O-SO e quentinho que super vale como sobremesa! Claro que se você comer 5 fatias não há confiança que se mantenha inabalada rs, mas é uma opção muito mais saudável e é realmente saborosa. Fora que é mega fácil de fazer!

    Porções: Uma forma

    Preço: R$ 8,90

    Onde comprar: site da Natue

     

    Mistura para bolo integral sem glúten, Nutri Pleno

    nutri pleno

    É feito com açúcar demerara, que é menos processado e portanto, mais saudável. Também é produzido com farinha de arroz integral, que ajuda no trânsito intestinal, e fibras, que dão mais saciedade. Só acrescentar água, ovos e óleo à mistura e levar ao forno. Juro, gente, é incrível de gostoso, parece bolo quentinho de mamys! (que ela não me leia rsss). Em dias especiais, costumo acrescentar uma cobertura delícia que é a minha próxima dica, fica SENSACIONAL!

    Porções: Uma forma

    Preço: R$ 13,90

    Onde comprar: site da Natue

     

    Alfarroba com creme de avelã

    alfarrobaCostumo chamar essa belezice de Nutella de alfarroba. Já falei no nosso Instagram (@belezices) que não fico sem esse produto na despensa, que é um delicioso creme de avelã com alfarroba, uma frutinha que possui inúmeros benefícios à saúde. Substitui total o chocolate e não contém glúten e lactose, o que entre outros fatores, contribui para evitar o inchaço. Na dose certa, é o doce perfeito! (como na cobertura do bolo acima).

    Porções: Umas 12 colheres de sopa cheias

    Preço: entre R$ 13,90 e R$ 17,90, dependendo da loja

    Onde comprar: Mundo Verde

     

    Remix Castanhas, Mãe Terra

    remix castanhas

     

    As castanhas são fontes de proteína, fibras, gorduras saudáveis, vitaminas e minerais. Porém, se consumidos em excesso, podem ser sinônimo de gordurinhas extras. Portanto, já que sabemos que vamos jacar um pouco nas festividades de final de ano, que tal dosar os lanchinhos ao longo do dia? Esta versão da Mãe Terra vem na medida certa, no tamanho ideal para consumo.

    Porções: duas embalagens

    Preço: entre R$ 4

    Onde comprar: lojas de produtos naturais

     

    Salgadinho orgânico Mãe Terra

    salgadinho pitzo

     

    Meu salgadinho preferido! Sou da geração Y, que adora salgadinhos Cheetos e tudo mais. Mas esta versão é feita com farinha integral, é orgânico, sem adoçantes artificiais, livre de corantes artificiais, sem aromatizante artificial, livre de conservantes e sem açúcar. Ou seja, é tudo de bom! E se você adorava ir a bombonieres quando criança e comprar aqueles salgadinhos isopor dos sacos enormes, essa é pra você: este salgadinho parece um Fofura melhorado, é uma delícia! O meu favorito é esse de pizza, mas também tem o de cebola (Ceboloko) e o de milho (Sabuguinho). Não falta na minha prateleira e é perfeito para os períodos de folga em casa neste final de ano. Sessão da Tarde que me aguarde!

    Porções: unitária

    Preço: entre R$ 3

    Onde comprar: lojas de produtos naturais

    Bora encher a despensa???

     

     

     

    Leia também

  • Dia das Mães: beleza real

    Posso dizer com segurança que para ser mãe é preciso CORAGEM. Para entregar uma pessoinha a este mundo. Ser mãe não é simplesmente gerar um filho; é preciso EDUCAR. Transmitir VALORES. Dar AMOR de verdade. E por isso, a homenagem do Belezices vai, hoje, às mamães de verdade, que se desdobram em muitas mulheres para educar e dar amor aos seus filhos, mas continuam transbordando confiança por onde passam. Beleza real. Estas lindas mulheres são só alguns exemplos das diversas mamães do nosso Brasil! Feliz dia das mães a todas vocês!

    Camila Antunes Belezices

    A Camila Antunes é nutricionista, mamãe da Giulia, do Luiz Henrique e do bebê Lucca, além de esposa, filha, mulher. Vamos combinar, com uma vida “tão agitada” assim, até eu queria uma beleza dessa quando virar mãe, hein? Cá, conta pra gente, como você faz para se manter bela assim?

    foto

    A Joyce Kassim é jornalista e trabalha como assessora de imprensa. É mãe da Maria Eduarda e está prestes a dar à luz à Manu! Haja fôlego para dar conta de tudo, hein? Do maridão, das demandas da imprensa, de manter a casa em ordem (porque dá trabalho,viu??) além de dar atenção aos familiares e amigos.  Ufa!!

    conceição duarte belezicesA Conceição Duarte é um pouco de tudo rs. Trabalha atualmente como consultora de imóveis e é mãe do João Pedro e da Juliana, além de já ser avó da Maria e da Olívia. Gente, fala sério, quero transbordar essa beleza quando for avó!! Con, conta pra gente, como você consegue?!

    Denise Ayres Belezices

    A Denise Ayres é artista plástica e se vira nos 30 para cuidar do Lucas e do Diego. Fico pensando como é dar expediente todo dia no trabalho sem perder a cabeça preocupada com os pimpolhos… e por acaso vocês conseguem enxergar alguma marca de preocupação nela?? Quero transbordar como você essa beleza e alegria toda, Denise!!!

    Nós, do Belezices, queremos desejar tudo de MELHOR desse mundo a todas às mamães desse planeta e particularmente à Vera e à Lu… nossas heroínas! Te amamos!!! E você, que tal dar um abraço BEM apertado agorinha mesmo e um beijão bem estalado na mamãe (de sangue ou coração)?!! Não deixe o tempo passar, aproveite cada segundo!!!

    Leia também

Desenvolvido por Finalité Marketing

Back to Top